Você tem dúvida de como calcular o seu preço? – Dsigner Treinamentos
Você sabe o que é UX/UI?
3 de dezembro de 2020
Pra que serve o obturador da câmera e como ele funciona?
4 de dezembro de 2020

Você começou uma startup ou já tem o seu próprio negócio, mas sempre fica na dúvida se está cobrando o valor devido?

Saiba que essa dúvida é mais comum do que você imagina, e como recebemos muito essa questão por parte dos alunos, resolvemos postar esse vídeo com algumas dicas para que você possa saber como calcular os seus valores.

Claramente, uma tabela de valores acaba inviável de ser colocada de forma geral, pois, tudo depende de muitos quesitos envolvidos.

Sendo assim, nosso especialista preparou um vídeo com alguns pontos muito importantes que devem ser considerados na hora de pensar em quanto cobrar.

Clique aqui para assistir ao vídeo de precificação, nosso professor e diretor Kleber (professor galerinha), pós-graduado em Marketing passa dicas simples, porém práticas, que irão clarear muito a mente na hora de montar sua tabela de preços.

Uma dica de ouro é não deixar nunca de valorizar sempre seu produto/serviço e principalmente, você precisa ter algo especial a oferecer para o seu cliente. Muitos profissionais cobram preços absurdamente baixos, e acredite, concorrer no valor é uma péssima escolha.

É muito importante lembrar que seus clientes devem gostar do que você oferece, do seu atendimento, da sua qualidade e do seu diferencial e não somente do seu PREÇO.

A limitação ao preço não gera empatia, não gera o vínculo verdadeiro com o consumidor. Isso é fato, clientes que vem pelo preço também desaparecem pelo preço, porque não buscam pelo que você oferece a eles e proporciona, mas sim o quanto irão gastar.

Agora pense, onde fica o valor da qualidade, da agilidade na entrega, do comprometimento, da exclusividade (muitas vezes), do atendimento pronto e eficaz, do seu cuidado com o que vende ou trabalha? É um tanto injusto que vejam seu negócio somente pelo preço. Os demais méritos acabam indo pro ralo, significando que sua marca não tem base sólida e firme perante a concorrência.

A questão é encontrar o equilíbrio entre o preço justo e o que sua empresa tem a oferecer. Seja o melhor que você pode, tenha dedicação e eficiência, e transparência acima de tudo.

Com certeza seu cliente irá ver isso. Acredite!

Os comentários estão encerrados.